As Festas Judaicas de Tishrei( o primeiro mês do ano judaico)

Várias pessoas perguntam nesses dias: Quais são todos esses feriados judaicos deste mês?

Realmente este primeiro mês do calendário judaico, o mês de Tishrei, está repleto de festas. Cada uma tem o seu significado e a sua importância.

Como sabemos, o calendário judaico é lunar, apesar de também levar em consideração o solar para que haja sincronia entre as festas e as estações do ano.

A primeira festa deste mês é o Rosh Hashana, o ano novo judaico, que contamos agora 5775 anos. Este dia é considerado o dia do julgamento, e também o dia onde se toca o Shofar.

shofar
shofar

De Rosh Hashana até Yom Kipur,( Dia do Perdão), conta-se dez dias, esses dias são chamados de asserte imei tshuva, ou seja dez dias onde a pessoa deve refletir sobre os seus atos, a palavra teshuva literalmente significa retorno.

O último desses dez dias é Yom Kipur, Dia do Perdão, no qual jejua-se um dia inteiro. O dia judaico tem inicio na noite anterior, ou seja, o dia é trocado com o vir da noite ( e não à meia noite como estamos acostumados).

Poucos dias depois de Yom Kipur temos uma outra festa de grande importância, a festa de Sukot, conhecida também como Tabernáculos. São sete dias a partir do dia quinze do mês de Tishrei até o dia vinte e um. A palavra Sukot significa cabanas, onde fica-se durante esses sete dias. Em um passeio por Jerusalém nesta época, pode-se ver centenas de Sukot construídas por todas as partes da cidade.

Após o último dia de Sukot temos mais uma festa chamada Shmini Atseret e Simha Tora(Alegria da Tora). Onde termina-se a leitura da Tora iniciando novamente desde o início (fora de Israel é feito no dia seguinte).

Cada uma dessas festas possui uma atmosfera especial relacionada com o seu significado tanto nos dias de hoje quanto no passado.

 

Para ver mais artigos e excursões da Operadora de Turismo em Israel Genesis Tours clique aqui