Tour em Israel – Belém

Belém foi o local do enterro de Raquel e o local do nascimento e coroação do Rei David. Foi também o local do nascimento de Jesus (Lucas 2:4-7). Além disso, o foi o lugar onde a história de Rute e Boaz ocorreu. A cidade foi destruída durante a Grande Rebelião judaica. Em 326 d.C. Helena, mãe de Constantino, o Grande, construiu a Igreja da Natividade, que se acredita ser localizada acima da caverna onde Jesus nasceu. Durante as Revoltas Samaritanas, em 529 d.C., a cidade foi destruída novamente, e a igreja original foi arruinada. A igreja foi reconstruída por ordem de Justiniano. Em 637 d.C., a cidade foi conquistada pelos muçulmanos, que preservaram a igreja e permitiram a liberdade de adoração aos cristãos. Em 1099, cruzados ocuparam Belém, a fortificaram e construíram o mosteiro ao norte da igreja. Em 1187 Saladino conquistou a cidade e expulsou os seus residentes cristãos. Com o reinado do Sultão Mameluco Baibras, em 1250, os padres da cidade foram deportados e em 1263 as muralhas da cidade foram destruídas. Em 1347 padres franciscanos foram permitidos a voltar para a igreja. Durante o domínio Otomano da cidade muitas disputas aconteceram entre a Igreja Católica e as igrejas ortodoxas gregas sobre a dominação da igreja. Hoje, a maioria da população em Belém são de muçulmanos. A população cristã diminuiu devido às alterações demográficas – muitos cristãos deixaram a cidade e os muçulmanos de Hebron e vilas vizinhas imigraram para Belém.

Campos dos Pastores
A vila de Beit Sahour, localizada a 2 km ao leste de Belém, é um dos lugares mais sagrados do cristianismo. Este é o lugar onde um anjo anunciou o nascimento de Jesus aos pastores (Lucas 2:10). Segundo a tradição, Santa Helena construiu um convento ali, que hoje é conhecido como caverna do pastor.
A Operadora de Turismo em Israel Genesis Tours oferece passeios a Belém com os melhores e mais experientes guias.